Recitativo e Ária para José Mascarenhas

  • de Régis Duprat e Maria Alice Volpe
  • org. Flávia Camargo Toni
Sinopse

Datado da Bahia, 2 de julho de 1759, o Recitativo e Ária, de autoria anônima e dedicado a José Mascarenhas de Melo, é considerado uma das peças musicais mais antigas do Brasil, destacando-se pelo fato de seu texto literário vir escrito em português, e não em latim, como era então usual, e ainda por sua natureza profana, ao contrário da maioria das obras musicais do período colonial brasileiro conhecidas até agora. Mascarenhas foi o primeiro presidente da Academia Brasílica dos Renascidos, da qual o árcade mineiro Cláudio Manoel da Costa também era membro. Os manuscritos originais compõem-se de partituras de voz, na clave de dó, primeiro violino, segundo violino e baixo. Foram identificados e restaurados por Régis Duprat, que preparou um estudo crítico sobre a obra. Além da transcrição, a edição traz a reprodução fac-similar dos manuscritos originais e texto bilíngue português-inglês.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 75,00
ISBN 10: 8531405483
ISBN 13: 9788531405488
1ª edição, impressão de 2000

184 páginas
23 x 26 cm
Brochura
Coleção Uspiana - Brasil 500 Anos
Coedição: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo

Eventos

02 a
10/07
de 2022

26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

De 02 a 10 de julho a Edusp participará da 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, no Expo Center Norte. A editora estará presente com mais de 50 títulos no estande coletivo da Abeu ...

Mais Eventos

Mais

Nova obra debate formação da identidade paulista

A construção de uma identidade branca, masculina e afeita ao progresso para São Paulo na primeira metade do século XX se deu por meio da contraposição com regiões menos ...

Clarice Lispector: a delicadeza e contundência de uma literatura de liberação. Entrevista especial com Nádia Gotlib

A professora observa como a autora aborda as temáticas femininas sem necessariamente ser feminista, movendo-se muito mais no sentido de liberação de quaisquer amarras e padrões

A Feira do Livro no Pacaembu

A Praça Charles Miller vai ser ocupada pelos livros, e a @edusp.oficial não ficará de fora: vem aí A Feira do Livro, entre os dias 8 e 12 de junho.

Edusp inaugura livraria com 5 mil obras na USP de São Carlos no próximo dia 27

A Editora da Universidade de São Paulo (Edusp) inaugurará na próxima sexta-feira (27) a nova Livraria Edusp do campus da USP de São Carlos, com quase o dobro do acervo que ...

“Mulheres Moderninstas” analisa protagonismo feminino

A Edusp lança neste dia 3 de maio, às 18 horas, o livro “Mulheres Modernistas: Estratégias de Consagração na Arte Brasileira”, de Ana Paula Cavalcanti Simioni. A obra ...
Mais