Música do Brasil Colonial III

  • coord. Mary Angela Biason
  • org. Régis Duprat
Sinopse

Dando continuidade à proposta da série Música do Brasil Colonial, que apresenta o acervo de manuscritos musicais do Museu da Inconfidência de Ouro Preto, esta edição reúne partituras do final do século XVIII e início do século XIX. São onze partituras para coro a quatro vozes e instrumentos, que integram a liturgia católica; apenas uma das peças é de cunho profano, para instrumentos de sopro. A coleção faz parte do programa de organização e valorização do acervo de manuscritos musicais do Museu da Inconfidência, cujo setor de musicologia trabalha na pesquisa, recolha, preservação, catalogação e difusão desse acervo. As obras que integram esta edição foram transcritas por Edilson Vicente de Lima, Lenita W. M. Nogueira, Mary Angela Biason, Paulo Augusto Soares e Régis Duprat, este último, mentor e organizador deste setor do museu. As obras serão gravadas em disco, sob a coordenação do professor Domingos Sávio Lins Brandão, diretor da Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 60,00
ISBN 10: 8531408342
ISBN 13: 9788531408342
1ª edição, impressão de 2004

264 páginas
20 x 28 cm
Brochura
Coleção Música do Brasil Colonial

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais