Música do Brasil Colonial III

  • coord. Mary Angela Biason
  • org. Régis Duprat
Sinopse

Dando continuidade à proposta da série Música do Brasil Colonial, que apresenta o acervo de manuscritos musicais do Museu da Inconfidência de Ouro Preto, esta edição reúne partituras do final do século XVIII e início do século XIX. São onze partituras para coro a quatro vozes e instrumentos, que integram a liturgia católica; apenas uma das peças é de cunho profano, para instrumentos de sopro. A coleção faz parte do programa de organização e valorização do acervo de manuscritos musicais do Museu da Inconfidência, cujo setor de musicologia trabalha na pesquisa, recolha, preservação, catalogação e difusão desse acervo. As obras que integram esta edição foram transcritas por Edilson Vicente de Lima, Lenita W. M. Nogueira, Mary Angela Biason, Paulo Augusto Soares e Régis Duprat, este último, mentor e organizador deste setor do museu. As obras serão gravadas em disco, sob a coordenação do professor Domingos Sávio Lins Brandão, diretor da Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 60,00
ISBN 10: 8531408342
ISBN 13: 9788531408342
1ª edição, impressão de 2004

264 páginas
20 x 28 cm
Brochura
Coleção Música do Brasil Colonial

Eventos

25/08
de 2021

Webinar e lançamento do livro “Livros, Leituras e Bibliotecas”

Acontece em 25/8/2021, quarta-feira, o webinar e lançamento virtual de "Livros, Leituras e Bibliotecas: História da Arquitetura e da Construção Luso-Brasileira", de Ricardo Rocha.

Mais Eventos

Mais

Borba Gato e a emergência do passado no presente

Protestar no monumento que exalta o movimento bandeirante colocou a história no centro do debate e permite questionar o quanto de passado ainda há no presente.

Digitais passam a representar 6% do faturamento das editoras brasileiras

Em relação a 2019, o faturamento das editoras com a venda de conteúdos editoriais cresceu 36% em 2020, fechando o ano em R$ 147 milhões

Legado de resistência em Cecília Meireles e o equívoco de Laurence Hallewell

Cecília Meireles teve de ir à delegacia, debaixo de humilhações, para prestar esclarecimentos. Mas não foi “presa” pela tradução de um livro de Mark Twain

Palestra de lançamento de “Uma História da Hungria” está disponível no YouTube

Evento contou com a participação do autor e tradução simultânea

Milton Santos, morto há 20 anos, nos convida a construir uma outra globalização

Geógrafo apontou caminhos para um projeto humanitário que se contraponha ao poder totalitário do dinheiro
Mais