Erro no banco de dados do WordPress: [The table 'wp_options' is full]
INSERT INTO `wp_options` (`option_name`, `option_value`, `autoload`) VALUES ('_transient_doing_cron', '1606483270.7030849456787109375000', 'yes') ON DUPLICATE KEY UPDATE `option_name` = VALUES(`option_name`), `option_value` = VALUES(`option_value`), `autoload` = VALUES(`autoload`)

Ramos de Azevedo - Edusp

Ramos de Azevedo

  • de Maria Cristina Wolff de Carvalho
Sinopse

A obra do principal representante brasileiro do chamado estilo eclético é estudada aqui no contexto da arquitetura da segunda metade do século XIX na Europa e da expansão de sua prática no Brasil. A autora analisa a versatilidade dos métodos projetuais empregados por Ramos de Azevedo em diversos prédios públicos e residências da capital paulista, incluindo um grande número de reproduções de fotos e também plantas e desenhos de perspectivas elaborados pelo arquiteto. Ultrapassando o estigma que ronda o ecletismo como estilo arquitetônico, o trabalho procura interpretá-lo como prática voltada para questões de racionalização do novo espaço público e privado, impulsionada pela lógica da nascente sociedade industrial.

Ficha técnica

R$ 110,00
ISBN 10: 8531405319
ISBN 13: 9788531405310
1ª edição, impressão de 2000

408 páginas
23 x 26 cm
Brochura
Coleção Artistas Brasileiros

Eventos

19/11
de 2020

Lançamento de “Ensaio sobre Música Brasileira”

Acontece na quinta-feira, 19/11/2020, o lançamento virtual de "Ensaio sobre Música Brasileira", de Mario de Andrade, em nova edição organizada por Flávia Camargo Toni.

Mais Eventos

Mais

Especialistas discutem educação nos países de língua portuguesa

Educação em países lusófonos é tema de seminário

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador
Mais