Pelo Prisma Russo

Ensaios Sobre Literatura e Cultura

  • de Joseph Frank
  • trad. Paula Cox Rolim e Francisco Achcar
Sinopse

Preocupado em rastrear a gênese do processo criativo de Dostoiévski, o autor de sua mais famosa biografia mergulhou em um vasto universo literário, o que resultou na compreensão profunda da literatura e da história da Rússia. Frank faz do interesse pela obra de Dostoiévski, que forma o núcleo principal dessa coletânea, uma espécie de filtro através do qual se pode ver diferentes imagens da cultura russa, com temas que se irradiam do século XIX até os dias atuais, como no fascinante ensaio De Gógol ao Gulag. Dessa perspectiva, os demais ensaios do livro analisam as ideias centrais de teóricos e escritores como Mikhail Bakhtin, Roman Jakobson, Vladímir Nabokov e Nikolai Leskov e também as teses políticas de Bakunin ou Herzen, entre outros, com um olhar que pretende dar conta tanto das influências ocidentais sobre o pensamento russo como de sua difusão no Ocidente.

Ficha técnica

R$ 26,00
ISBN 10: 8531400554
ISBN 13: 9788531400551
1ª edição, impressão de 1992

280 páginas
16 x 23 cm
Brochura
Coleção Ensaios de Cultura

Eventos

28/09
02/10
de 2020

Feira Virtual da Abeu: Comunicação Corporativa

A Edusp participa do evento oferecendo uma seleção especial de títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador

É verdade que nevou em São Paulo em 1918?

No caderno de visitas da famosa garçonnière mantida pelo escritor Oswald de Andrade na Rua Líbero Badaró, apelidada de "covil da rua Líbero", há a referência de que nevou ...
Mais