Música do Brasil Colonial IV

  • coord. Edilson Vicente de Lima
  • org. Mary Angela Biason
Sinopse

O quarto volume da coleção Música do Brasil Colonial traz como novidade a transcrição de partituras do repertório da música popular da época, como modinhas, lundus, valsas, polcas, hinos e contradanças, vocais e instrumentais. A vida social com a sonoridade típica, leve e brejeira dos salões elegantes é que vai surgir diante de nós. Naquele período, a corte de Dom João VI veio aqui se instalar. Em meio às emoções de um território que estava pelo menos provisoriamente extrapolando os seus limites de colônia, portugueses e brasileiros construíam as bases de uma sociedade nascente , comenta o diretor do Museu da Inconfidência, Rui Mourão, no prefácio. O livro é composto de obras de compositores anônimos, dos mineiros José Felipe Corrêa Lisboa, Lucindo Pereira dos Passos, Manoel Severo Pires de Figueiredo Netto, Vicente Ferreira do Espírito Santo e Justino da Conceição, além de outros nomes conhecidos como o imperador Dom Pedro I, Xisto Bahia e Manoel José Gomes.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 58,00
ISBN 10: 8531415128
ISBN 13: 9788531415128
1ª edição, impressão de 2015

192 páginas
20 x 28 cm
Brochura
Coleção Música do Brasil Colonial

Eventos

08 a
12/08
de 2022

4ª Feira Virtual das Editoras Universitárias

De 08 a 12 de agosto a Edusp participará da 4ª Feira Virtual das Editoras Universitárias promovida pela ABEU.

Mais Eventos

Mais

Coleções da Edusp ampliam debate sobre a segurança pública e os direitos humanos

Parceria do NEV-USP e da Edusp, as coleções Polícia e Sociedade e Direitos Humanos incluem títulos que estão entre os mais reeditados da editora.

Nova obra debate formação da identidade paulista

A construção de uma identidade branca, masculina e afeita ao progresso para São Paulo na primeira metade do século XX se deu por meio da contraposição com regiões menos ...

Clarice Lispector: a delicadeza e contundência de uma literatura de liberação. Entrevista especial com Nádia Gotlib

A professora observa como a autora aborda as temáticas femininas sem necessariamente ser feminista, movendo-se muito mais no sentido de liberação de quaisquer amarras e padrões

A Feira do Livro no Pacaembu

A Praça Charles Miller vai ser ocupada pelos livros, e a @edusp.oficial não ficará de fora: vem aí A Feira do Livro, entre os dias 8 e 12 de junho.

Edusp inaugura livraria com 5 mil obras na USP de São Carlos no próximo dia 27

A Editora da Universidade de São Paulo (Edusp) inaugurará na próxima sexta-feira (27) a nova Livraria Edusp do campus da USP de São Carlos, com quase o dobro do acervo que ...
Mais