O Enxerto/ O Homem, a Besta e a Virtude

  • de Luigi Pirandello
  • trad. Aurora Fornoni Bernardini e Homero Freitas de Andrade
Sinopse

Estas duas comédias de costumes, além da data em que foram apresentadas por seu autor em Milão (1919), têm em comum outra característica: o erotismo. Se de forma velada e estilizada na primeira e de forma direta (e hilariante) na segunda, isso o leitor poderá avaliar, o que importa é que esse traço acaba contagiando a ambiência da peça inteira. Em O Homem, a Besta e a Virtude, Pirandello, utilizando uma linguagem de farsa, ataca uma série de hábitos e preconceitos da Itália burguesa de sua época, em particular os das relações sociais entre os sexos. O mesmo se dá em O Enxerto, mas neste o tom erótico, velado, é outro e o registro das falas, mais contido. Trata-se da subordinação de uma mulher a seu marido, a qual, apesar disso, possui uma margem de direitos e de crescimento interior. Com sua lógica de paradoxos, mais do que a de um devir natural, Pirandello despede-se nessas comédias dos ecos ainda românticos do vaudeville e passa do realismo verista àquilo que chama de humorismo .

Ficha técnica

R$ 34,00
ISBN 10: 8531406706
ISBN 13: 9788531406706
1ª edição, impressão de 2003

176 páginas
13 x 21 cm
Brochura
Coleção Em Cena

Eventos

21/07
de 2021

Lançamento da obra “Livreiros do Novo Mundo”

Lançamento virtual obra "Livreiros do Novo Mundo"

Mais Eventos

Mais

Digitais passam a representar 6% do faturamento das editoras brasileiras

Em relação a 2019, o faturamento das editoras com a venda de conteúdos editoriais cresceu 36% em 2020, fechando o ano em R$ 147 milhões

Legado de resistência em Cecília Meireles e o equívoco de Laurence Hallewell

Cecília Meireles teve de ir à delegacia, debaixo de humilhações, para prestar esclarecimentos. Mas não foi “presa” pela tradução de um livro de Mark Twain

Palestra de lançamento de “Uma História da Hungria” está disponível no YouTube

Evento contou com a participação do autor e tradução simultânea

Milton Santos, morto há 20 anos, nos convida a construir uma outra globalização

Geógrafo apontou caminhos para um projeto humanitário que se contraponha ao poder totalitário do dinheiro

Tarsila do Amaral, mais popular que nunca, vai ganhar biografia em 2023

Jornalista Francesca Angiolillo diz que seu foco será explorar a vida pessoal da artista plástica
Mais