Nas Trilhas da Crítica

  • de Marcel Proust
  • trad. Plínio Augusto Coêlho
Sinopse

Tomando por objeto as obras de escritores como Flaubert e Baudelaire e de artistas que lhes eram contemporâneos, caso de Paul Morand e Jacques-Emile Blanche, Proust examina aqui os elementos estruturantes comuns a diversos sistemas artísticos. Além dos autores mencionados, os quatro ensaios aqui reunidos abordam também Balzac, Stendhal, Hugo e pintores como Manet, Delacroix ou Corot, deixando entrever algumas das referências artísticas da obra monumental do autor de Em Busca do Tempo Perdido. Como ressalta o crítico Aguinaldo José Gonçalves no prefácio a este volume, “Proust foi, antes de tudo, um grande e versátil leitor, inclusive de outros sistemas artísticos, como da arquitetura, sobretudo a medieval, da pintura e da música, fazendo com que convergissem para o meio expressivo de que se valeu, a literatura”.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 22,00
ISBN 10: 8531401712
ISBN 13: 9788531401718
1ª edição, impressão de 1994

144 páginas
12 x 20 cm
Brochura
Coleção Críticas Poéticas
Coedição: Imaginário

Eventos

07/05
de 2021

Autor em foco: Virgílio Afonso da Silva

O programa de entrevistas do STF recebe o autor de "Direito Constitucional Brasileiro"

Mais Eventos

Mais

Poesia filosófica de Hölderlin faz a crítica da razão moderna

Hölderlin resgata caráter formador da poesia filosófica

Arte de guerrilha

A arte brasileira durante a vigência do AI-5

Como planejar uma cidade com transparência e qualidade de vida?

A dedicação de Cerqueira César para com o urbanismo paulistano se faz presente em coleção de artigos

A biografia das mulheres

Isabelle Anchieta fala sobre suas inspirações para a criação de sua trilogia "Imagens da Mulher no Ocidente Moderno"

Qual é o papel da educação na luta revolucionária?

Autor explora o papel da educação na construção de uma sociedade mais justa
Mais