Editoras Universitárias no Brasil

Uma Crítica para a Reformulação da Prática

  • de Leilah Santiago Bufrem
Sinopse

Uma análise da atividade das editoras universitárias acadêmicas, apoiada na noção de campo de produção cultural de Bourdieu, mostrando as características que as distinguem como geradoras de um tipo específico de valor cultural. Nesta segunda edição revista e ampliada, Leilah Bufrem estuda o contexto em que surgiram e se estabeleceram as editoras universitárias, que hoje ocupam um lugar significativo no setor editorial brasileiro. Entre as tendências observáveis na atuação dessas editoras, destacam-se a construção de padrões próprios de produção e a busca de reconhecimento de seu papel cultural. As relações entre as editoras – em sua maioria de caráter público – e as instituições de ensino a que estão ligadas também são tratadas aqui. Este é o ponto de partida para a apresentação de propostas para uma política editorial universitária atualizada.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 71,00
ISBN 10: 8531415234
ISBN 13: 9788531415234
2ª edição, impressão de 2015

424 páginas
21 x 22 cm
Brochura
Coleção Memória Editorial
Coedição: Com-Arte

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais