Brasilianas

José Olympio e a Gênese do Mercado Editorial Brasileiro

  • de Gustavo Alejandro Sorá
Sinopse

Originalmente escrito como tese de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional da UFRJ, este livro propõe uma abordagem diferente ao estudo do mercado editorial brasileiro. Mais do que contar a história da Livraria José Olympio, o autor narra o desenvolvimento e as particularidades desse mercado no Brasil a partir da trajetória do fundador dessa editora, uma das mais importantes figuras da história editorial no Brasil, e também de outras editoras, como a Globo. Com ênfase nas décadas de 1930 e 1950, o livro também analisa aspectos amplos da edição, estabelecendo uma antropologia da edição brasileira, ao analisar, por exemplo, coleções como a Documentos Brasileiros e a série Brasiliana, títulos que revelavam a ideologia da época, voltada à construção de uma identidade nacional.

Ficha técnica

R$ 75,00
ISBN 10: 853141122x
ISBN 13: 9788531411229
1ª edição, impressão de 2010

488 páginas
21 x 22 cm
Brochura
Coleção Memória Editorial
Coedição: Com-Arte

Eventos

05 a
11/04
de 2021

3ª Feira do Livro da Unesp

A Edusp participa da 3ª Feira do Livro da Unesp, de 5 a 11 de abril, oferecendo seus títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Clarice Lispector é uma bruxa que encanta

... E o leitor nunca mais deixará de ser seu. Quem começa a ler Clarice Lispector vai passar a vida com seus livros nas mãos. "Será fisgado", como define a professora Nádia ...

‘Ensaio Sobre Música Brasileira’ de Mário de Andrade ganha reedição

Após quase um século, obra de Mário de Andrade é reeditada e complementada pela musicóloga Flávia Camargo Toni

Especialistas discutem educação nos países de língua portuguesa

Educação em países lusófonos é tema de seminário

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.
Mais