Totônio Pacheco

  • de João Alphonsus
Sinopse

João Alphonsus (1901-1944) publicou este seu primeiro romance em 1935, alguns anos após a repercussão favorável recebida pelo seu conto “Galinha Cega”, publicado no periódico paulista Terra Roxa e Outras Terras, ocasião em que foi saudado pela crítica e por outros escritores como uma boa novidade na literatura brasileira. Totônio Pacheco recebeu o Prêmio Machado de Assis, criado pela Companhia Editora Nacional no ano anterior, dividido com três outros ganhadores: Dyonelio Machado com Os Ratos, Erico Verissimo com Música ao Longe e Marques Rebelo com o livro Marafa. O romance é ambientado na cidade de Belo Horizonte, caracterizada como “cidade artificial, criada pelas mancheias do dinheiro público”, na qual os moradores, vindos do interior em grande parte e mantendo seus hábitos provincianos, precisam se adaptar.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 54,00
ISBN 13: 9788531417573
1ª edição, impressão de 2019
360 páginas

14,5 x 21,5 cm
Capa dura
Coleção Reserva Literária
Coedição: Com-Arte

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais