Domesticidade, Gênero e Cultura Material

Capa de Domesticidade, Gênero e Cultura Material Obra Premiada
  • org. Flávia Brito do Nascimento, Joana Mello de Carvalho e Silva, José Tavares Correia de Lira e Silvana Barbosa Rubino
Sinopse

Domesticidade, Gênero e Cultura Material é uma contribuição importante para os estudos, ainda escassos, sobre o habitar e a domesticidade, especialmente, as questões de gênero relacionadas com o espaço doméstico e a cultura material. O espaço da domesticidade é pensado neste volume como algo móvel, polissêmico, negociado, que envolve dimensões físicas, assim como práticas, normas, experiências, sentimentos, relações, subjetividades. Baseando-se no conceito de habitação como artefato de cultura, o volume tem como objetivo aprofundar o diálogo entre a arquitetura, as ciências sociais e a história, de forma a relacionar as permanências e as transformações nos modos de morar com os processos técnicos, estéticos, espaciais, morais, sociais, econômicos e políticos mais amplos.

Ficha técnica

R$ 96,00
ISBN 10: 8531416434
ISBN 13: 9788531416439
1ª edição, impressão de 2017

432 páginas
23 x 21 cm
Brochura
Coleção Estudos CPC

Prêmio
4º Prêmio Abeu
Associação Brasileira das Editoras Universitárias
Ciências Sociais Aplicadas - 3º Lugar
Flávia Brito do Nascimento, Joana Mello de Carvalho e Silva, José Tavares Correia de Lira e Silvana Barbosa Rubino

Eventos

19/11
de 2020

Lançamento de “Ensaio sobre Música Brasileira”

Acontece na quinta-feira, 19/11/2020, o lançamento virtual de "Ensaio sobre Música Brasileira", de Mario de Andrade, em nova edição organizada por Flávia Camargo Toni.

Mais Eventos

Mais

Especialistas discutem educação nos países de língua portuguesa

Educação em países lusófonos é tema de seminário

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador
Mais