Um Defunto Estrambótico

Análise e Interpretação das Memórias Póstumas de Brás Cubas

  • de Valentim Facioli
Sinopse

Valentim Facioli apresenta neste estudo uma abordagem reveladora de Memórias Póstumas de Brás Cubas, o célebre romance de Machado de Assis. O autor lê esse defunto-narrador como uma metáfora de um Brasil escravista, carcomido por contradições entre o arcaico e o moderno, e nos mostra como Machado opera uma relação estranha entre seu narrador-personagem e o leitor. Ao ler o livro, somos sempre desafiados a acreditar ou a desconfiar do que estamos lendo, já que o ponto de vista da narrativa é sempre de Brás Cubas e não existe outra fonte a respeito dos acontecimentos narrados. Esta análise de Facioli enfrenta as traições que espreitam a narrativa, especialmente as astúcias, máscaras e meias-verdades perpetradas pelo narrador-defunto, cujas memórias são também uma memória do Brasil para a posteridade, feitas com humor, ironia e sátira, misturadas com doses de melancolia, ruína e morte.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 30,00
ISBN 10: 8531410833
ISBN 13: 9788531410833
2ª edição, impressão de 2008

184 páginas
16 x 23 cm
Brochura
Coleção 100 Anos Machado de Assis
Coedição: Nankin Editorial

Eventos

05 a
11/04
de 2021

3ª Feira do Livro da Unesp

A Edusp participa da 3ª Feira do Livro da Unesp, de 5 a 11 de abril, oferecendo seus títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Clarice Lispector é uma bruxa que encanta

... E o leitor nunca mais deixará de ser seu. Quem começa a ler Clarice Lispector vai passar a vida com seus livros nas mãos. "Será fisgado", como define a professora Nádia ...

‘Ensaio Sobre Música Brasileira’ de Mário de Andrade ganha reedição

Após quase um século, obra de Mário de Andrade é reeditada e complementada pela musicóloga Flávia Camargo Toni

Especialistas discutem educação nos países de língua portuguesa

Educação em países lusófonos é tema de seminário

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.
Mais