Correspondência Mário de Andrade & Newton Freitas

  • org. Raúl Antelo
Sinopse

A Coleção Correspondência Mário de Andrade forma, na palavra de seus coordenadores, o conjunto mais representativo da epistolografia brasileira do século XX, no que tange à discussão de projetos estéticos e aos arquivos da criação que desnudam o artefazer de poetas, ficcionistas, artistas plásticos e músicos. Este sexto volume reúne a correspondência de Mário de Andrade com Newton Freitas entre os anos de 1940 e 1945, sendo que a última carta da obra foi escrita por Mário em 15 de fevereiro. Trata-se da relação entre o escritor maduro, já consagrado, com o jornalista cultural exilado do país, residindo em Buenos Aires depois de uma temporada em Montevidéu, para onde se mudou fugindo do Estado Novo por sua relação com o Partido Comunista Brasileiro. O volume é composto pelo ensaio introdutório de Raúl Antelo, as cartas, e um apêndice com os relatos inéditos La bodega e La Colonia, de Newton Freitas, escritos no exílio em Montevidéu.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 60,00
ISBN 10: 8531416124
ISBN 13: 9788531416125
1ª edição, impressão de 2017

328 páginas
18 x 25 cm
Brochura
Coleção Correspondência de Mário de Andrade
Coedição: Editora UFSC

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais