Orgulho de Jamais Aconselhar

A Epistolografia de Mário de Andrade

  • de Marcos Antonio de Moraes
Sinopse

Uma carta não respondida me queima, me deixa impossível de viver, me persegue. Algumas não respondo, me exercito, ou condeno por inúteis. Assim Mário de Andrade escreve à amiga Henriqueta Lisboa em 1944 referindo-se à sua conhecida faceta de carteador. É sobre esse quase mito criado em torno do escritor que Marcos Antonio de Moraes se debruça neste livro, em que analisa a epistolografia de Mário de Andrade. Antonio Candido afirma que para o escritor escrever cartas era tarefa de tanta responsabilidade moral e literária quanto escrever poemas ou estudos , atividade que ele cumpria com dedicação e regularidade sui generis, como quem professa a religião da correspondência . Analisando correspondência de Mário com jovens escritores, com escritores consagrados, com amigos de longa data, Marcos Antonio de Moraes procura recompor o papel que essa atividade desempenhou na poética de Mário.

Ficha técnica

R$ 44,00
ISBN 10: 8531409861
ISBN 13: 9788531409868
1ª edição, impressão de 2007

248 páginas
16 x 23 cm
Brochura

Eventos

05 a
11/04
de 2021

3ª Feira do Livro da Unesp

A Edusp participa da 3ª Feira do Livro da Unesp, de 5 a 11 de abril, oferecendo seus títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Clarice Lispector é uma bruxa que encanta

... E o leitor nunca mais deixará de ser seu. Quem começa a ler Clarice Lispector vai passar a vida com seus livros nas mãos. "Será fisgado", como define a professora Nádia ...

‘Ensaio Sobre Música Brasileira’ de Mário de Andrade ganha reedição

Após quase um século, obra de Mário de Andrade é reeditada e complementada pela musicóloga Flávia Camargo Toni

Especialistas discutem educação nos países de língua portuguesa

Educação em países lusófonos é tema de seminário

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.
Mais