A Ciência nas Relações Brasil-França 1850-1950

  • org. Amélia Império Hamburger, Maria Amélia M. Dantes, Michel Paty e Patrick Petitjean
Sinopse

A criação da comunidade científica no Brasil teve como forte e decisivo parceiro a França. Nos ensaios que compõem este livro, pesquisadores brasileiros e franceses reveem a história da ciência no Brasil, abordando fatores diversos da institucionalização da ciência moderna entre nós, tais como a contextualização de ideias, a atuação de cientistas e a organização de espaços institucionais. De um lado, analisam como se deu a incorporação das tradições científicas estrangeiras, desde a importação de modelos acadêmicos até a entrada de ideias em voga. De outro, o foco é ampliado por meio do exame da maneira como foi feita a difusão da tradição científica e técnica francesa, a partir do século XIX, nos países da América Latina.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 36,00
ISBN 10: 8531403510
ISBN 13: 9788531403514
1ª edição, impressão de 1996

368 páginas
16 x 23 cm
Brochura
Coleção Seminários

Eventos

10 a
20/12
de 2021

100 anos de Paulo Freire: Uma reflexão sobre o ensino de engenharia

A Edusp apoia o evento, oferecendo títulos relacionados ao tema com desconto de 30% aos participantes

Mais Eventos

Mais

Divulgação do livro “A Magia no Mundo Greco-Romano”

Neste episódio do podcast Diálogos Olimpiano, a Profa. Semíramis Corsi Silva (UFSM) conversa com o Prof. Dr. Rafael Faraco Benthien (UFPr) sobre o livro “A Magia no Mundo ...

Editora UnB Debate: Dicionário Infernal

Editora UnB Debate: Dicionário Infernal – Evento está disponível na íntegra no YouTube

Disponível online o webinar de lançamento de “Livros, Leituras e Bibliotecas”

Evetou contou com a presença do autor Ricardo Rocha e outros especialistas

A história cultural da urbanização de São Paulo, segundo Richard Morse

Editora da USP lança “Um Americano na Metrópole Latino-americana”, da professora Ana Claudia Veiga de Castro

Sobre livros, leituras e bibliotecas de arquitetos

Esse é o assunto do recém-lançado livro da Edusp, que é comentado nesta semana por Marisa Midori
Mais