Santuários Heterodoxos

Subjetividade e Heresia na Literatura Judaica da Europa Central

Capa de Santuários Heterodoxos Obra Premiada
  • de Luis S. Krausz
Sinopse

Luis Krausz analisa 10 obras de literatura judaica, produzidas na Europa Central entre os séculos XVII e XX, nas quais se encontram diferentes representações de heresia, no sentido mais amplo da palavra: como quaisquer dissidências em relação a tradições religiosas e comunitárias judaicas. O autor parte da hipótese de que as raízes da emancipação, assim como o surgimento de uma cultura espiritual laica entre os judeus, são desdobramentos tardios da crise religiosa desencadeada pela heresia sabataísta. Assim, a emergência de uma subjetividade judaica encontra na literatura o espaço por excelência para a representação dos questionamentos aos quais passa a ser submetida a tradição religiosa. Para muitos dos autores escolhidos, e aqueles que já não mais encontram na tradição as respostas para suas perplexidades, os livros e a literatura transformam-se então em santuários heterodoxos.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 32,00
ISBN 10: 8531416469
ISBN 13: 9788531416460
1ª edição, impressão de 2017

264 páginas
14 x 21 cm
Brochura

Prêmio
4º Prêmio Abeu
Associação Brasileira das Editoras Universitárias
Capa - 2º Lugar
Responsável: Carla Fernanda Fontana

Eventos

08 a
12/08
de 2022

4ª Feira Virtual das Editoras Universitárias

De 08 a 12 de agosto a Edusp participará da 4ª Feira Virtual das Editoras Universitárias promovida pela ABEU.

Mais Eventos

Mais

Coleções da Edusp ampliam debate sobre a segurança pública e os direitos humanos

Parceria do NEV-USP e da Edusp, as coleções Polícia e Sociedade e Direitos Humanos incluem títulos que estão entre os mais reeditados da editora.

Nova obra debate formação da identidade paulista

A construção de uma identidade branca, masculina e afeita ao progresso para São Paulo na primeira metade do século XX se deu por meio da contraposição com regiões menos ...

Clarice Lispector: a delicadeza e contundência de uma literatura de liberação. Entrevista especial com Nádia Gotlib

A professora observa como a autora aborda as temáticas femininas sem necessariamente ser feminista, movendo-se muito mais no sentido de liberação de quaisquer amarras e padrões

A Feira do Livro no Pacaembu

A Praça Charles Miller vai ser ocupada pelos livros, e a @edusp.oficial não ficará de fora: vem aí A Feira do Livro, entre os dias 8 e 12 de junho.

Edusp inaugura livraria com 5 mil obras na USP de São Carlos no próximo dia 27

A Editora da Universidade de São Paulo (Edusp) inaugurará na próxima sexta-feira (27) a nova Livraria Edusp do campus da USP de São Carlos, com quase o dobro do acervo que ...
Mais