Rituais Crepusculares

Joseph Roth e a Nostalgia Austro-Judaica

  • de Luis S. Krausz
Sinopse

Joseph Roth (1894-1939) foi um dos mais importantes escritores do universo da língua alemã no entre-guerras. Nasceu em uma família judaica tradicionalista em uma província do Império Austro-húngaro, e viu seu mundo de estabilidade e segurança desmantelar-se com a Primeira Guerra Mundial. O desmembramento do Império, em que coexistiam diferentes culturas e idiomas, e o acirramento daquilo que Roth chamaria de bestialidade nacionalista fizeram dele um crítico ácido da modernidade e, ao mesmo tempo, um nostálgico de dois mundos sepultados em 1918: o da monarquia habsburga e o do tradicionalismo judaico. Krausz situa a obra de ficção de Roth em seu contexto político e social, discutindo alguns conceitos-chave como o de fronteira ou do exílio, e o choque entre os valores tradicionais do judaísmo com os valores da nova cultura e da nova civilização.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 38,00
ISBN 10: 8531410940
ISBN 13: 9788531410949
1ª edição, impressão de 2008

232 páginas
16 x 23 cm
Brochura

Eventos

07/05
de 2021

Autor em foco: Virgílio Afonso da Silva

O programa de entrevistas do STF recebe o autor de "Direito Constitucional Brasileiro"

Mais Eventos

Mais

Poesia filosófica de Hölderlin faz a crítica da razão moderna

Hölderlin resgata caráter formador da poesia filosófica

Arte de guerrilha

A arte brasileira durante a vigência do AI-5

Como planejar uma cidade com transparência e qualidade de vida?

A dedicação de Cerqueira César para com o urbanismo paulistano se faz presente em coleção de artigos

A biografia das mulheres

Isabelle Anchieta fala sobre suas inspirações para a criação de sua trilogia "Imagens da Mulher no Ocidente Moderno"

Qual é o papel da educação na luta revolucionária?

Autor explora o papel da educação na construção de uma sociedade mais justa
Mais