O Pensamento da Liberdade

Linhas Fundamentais da Filosofia do Direito de Hegel

  • de Klaus Vieweg
  • trad. Gabriel Salvi Philipson, Lucas Nascimento Machado e Luiz Fernando Barrére Martin
Sinopse

Em Linhas Fundamentais da Filosofia do Direito, Hegel trata de problemas tradicionais da filosofia prática: doutrina do direito, ética, filosofia social, filosofia política e história da filosofia. Klaus Vieweg apresenta a obra de Hegel e explicita o seu conceito revolucionário de liberdade tendo em vista o pano de fundo dos pensamentos fundamentais da Revolução Francesa. O autor realça a concepção de uma transição gradual do direito (direito de propriedade, direito da criança, direito da liberdade subjetiva, direitos sociais, direito à educação e direitos políticos), os pensamentos da interpersonalidade e da intersubjetividade, o conceito moderno de ação, a diferenciação necessária entre moralidade e eticidade, a relevância da economia nacional para a filosofia prática e a distinção entre sociedade civil e Estado. Trata, afinal, de reconstruir o pensamento hegeliano pela perspectiva de sua atualidade e relevância para a compreensão do mundo atual.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 100,00
ISBN 13: 9788531417504
1ª edição, impressão de 2019
600 páginas

18 x 25,5 cm
Brochura

Eventos

16/09
de 2020

Lançamento de “Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP”

Acontece na quarta-feira, 16/9/2020, o lançamento e o debate virtual de "Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP", organizado por Walnice Nogueira Galvão.

Mais Eventos

Mais

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador

É verdade que nevou em São Paulo em 1918?

No caderno de visitas da famosa garçonnière mantida pelo escritor Oswald de Andrade na Rua Líbero Badaró, apelidada de "covil da rua Líbero", há a referência de que nevou ...
Mais