Magmatismo Alcalino Continental da Região Meridional da Plataforma Brasileira

Capa de Magmatismo Alcalino Continental da Região Meridional da Plataforma Brasileira Obra Premiada
  • de Celso de Barros Gomes e Piero Comin-Chiaramonti
Sinopse

Este livro oferece uma visão geral sobre as mais de duzentas ocorrências de rochas alcalinas em territórios do Brasil e Paraguai, e de modo subordinado nos da Bolívia e Uruguai. Contém grande volume de dados, acumulados a partir de 2005, sobretudo, tratando de aspectos diversos dessas rochas – como a geologia, petrografia, mineralogia, geoquímica, petrologia e geocronologia –, disponibilizados em dezenas de tabelas de análises químicas de minerais e rochas e um sem-número de ilustrações gráficas (mapas, gráficos e figuras de variação química). A obra resgata informações contidas em trabalhos acadêmicos produzidos principalmente na Universidade de São Paulo e na Universidade de Brasília, e dados provenientes de fontes de difícil acesso oferecendo uma relação bibliográfica bastante extensa, que reúne mais de novecentas referências gerais, valiosa fonte de consulta para pesquisadores interessados no tema.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 80,00
ISBN 10: 853141668x
ISBN 13: 9788531416682
1ª edição, impressão de 2017

608 páginas
19,5 x 27 cm
Brochura
Coleção Acadêmica

Prêmio
4º Prêmio Abeu
Associação Brasileira das Editoras Universitárias
Ciências Naturais e Matemáticas - 2º Lugar
Celso de Barros Gomes e Piero Comin-Chiaramonti

Eventos

16/09
de 2020

Lançamento de “Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP”

Acontece na quarta-feira, 16/9/2020, o lançamento e o debate virtual de "Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP", organizado por Walnice Nogueira Galvão.

Mais Eventos

Mais

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador

É verdade que nevou em São Paulo em 1918?

No caderno de visitas da famosa garçonnière mantida pelo escritor Oswald de Andrade na Rua Líbero Badaró, apelidada de "covil da rua Líbero", há a referência de que nevou ...
Mais