Louça Paulista

As Primeiras Fábricas de Faiança e Porcela de São Paulo

  • de José Hermes Martins Pereira
Sinopse

Na primeira metade do século XX instalaram-se na cidade de São Paulo e região vários estabelecimentos produtores de faianças e porcelanas para uso doméstico. Situadas na capital, no ABC e em Osasco, essas fábricas seguiram as tendências da industrialização paulista: associação entre a técnica estrangeira e o capital nacional, fixação das unidades fabris nas proximidades das ferrovias. Utilizando-se de técnicas, motivos decorativos, formas e funções diversas, os artigos produzidos documentam parte da trajetória desse ramo industrial. Este livro analisa a história de doze fábricas e sua produção, contendo mais de 200 imagens de diversas peças – jarras, vasos, pratos, objetos de decoração etc. As fontes da pesquisa foram os acervos institucionais do Museu Paulista, Museu Barão de Mauá e Museu Histórico Municipal de São Caetano, principalmente, e representam importante documentação para a história da cultura material.

Ficha técnica

R$ 75,00
ISBN 10: 8531410086
ISBN 13: 9788531410086
1ª edição, impressão de 2009

292 páginas
20 x 20 cm
Brochura
Coleção Acervo
Coedição: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais