A Crise Financeira da Abolição

  • de John Schulz
  • trad. Denis Augusto Fracalossi
Sinopse

A irresponsabilidade financeira dos governos após a abolição transformou a grande oportunidade de reforma social em um desastre econômico, com alta da inflação e fuga de investidores nacionais e estrangeiros, o que acabou arrefecendo a onda de otimismo que se seguiu à emancipação. Os ajustes necessários à introdução do trabalho livre resultaram numa crise que durou quase três décadas. Nesta edição revista, o autor examina o Encilhamento e também a crise mais demorada que antecedeu e sucedeu ao auge dessa “bolha” especulativa, focando as três faces da crise financeira da abolição: a relação do Brasil com os mercados internacionais, a inflação e a administração dos pânicos financeiros. A análise realizada por John Schulz não apenas ilumina a história do Brasil como também fornece lições relevantes para as decisões financeiras e políticas que estão sendo tomadas hoje.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 45,00
ISBN 10: 8531414539
ISBN 13: 9788531414534
2ª edição, impressão de 2013

280 páginas
16 x 23 cm
Brochura

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais