Construção Nacional e Cidadania

Estudos de Nossa Ordem Social em Mudança

  • de Reinhard Bendix
  • trad. Mary Amazonas Leite de Barros
Sinopse

Todas as sociedades expressam combinações originais de tradição e modernidade. A partir da perspectiva histórico-sociológica que combina interpretação e explicação, por um lado, e individualização e generalização, por outro, o autor busca entender como se dá a organização da comunidade política e da autoridade pública. Traça comparações entre regiões contrastantes – Europa Ocidental, Rússia, Japão e Alemanha – buscando entender como essas sociedades respondem a essas questões, procurando verificar se o estudo dos caminhos trilhados por elas pode fornecer subsídios para a compreensão das dificuldades com que se defrontam os países do Terceiro Mundo em sua tarefa de construção nacional. Bendix analisa as estruturas pré-modernas e as transformações sofridas pelas autoridades públicas e privadas em diferentes países para elaborar uma reavaliação dos conceitos de tradição e modernidade.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 68,00
ISBN 10: 8531403316
ISBN 13: 9788531403316
1ª edição, impressão de 2019

408 páginas
18 x 25,5 cm
Brochura
Coleção Clássicos

Eventos

28/09
02/10
de 2020

Feira Virtual da Abeu: Comunicação Corporativa

A Edusp participa do evento oferecendo uma seleção especial de títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador

É verdade que nevou em São Paulo em 1918?

No caderno de visitas da famosa garçonnière mantida pelo escritor Oswald de Andrade na Rua Líbero Badaró, apelidada de "covil da rua Líbero", há a referência de que nevou ...
Mais