Censura em Cena

Teatro e Censura no Brasil. Arquivo Miroel Silveira

  • de Maria Cristina Castilho Costa
Sinopse

Este livro é um dos primeiros resultados de uma pesquisa realizada no arquivo Miroel Silveira, que reúne documentos do arquivo de processos de censura prévia ao teatro, existente no Departamento de Diversões Públicas do Estado de São Paulo e doado pelo professor à Escola de Comunicações e Artes da USP, em 2001. Esses documentos resgatam a memória da produção artística que floresceu na cidade entre 1930 e 1970, preservando as ações exercidas pelo Estado sobre essa produção. A doação dos arquivos à Universidade estimulou, com o apoio da Fapesp e do CNPq, a realização de inúmeras pesquisas que buscam montar um panorama da produção artística paulista e os danos que a censura causou, mutilando obras, descontextualizando-as, e impedindo o amadurecimento artístico do público. Este livro de Cristina Costa traz os primeiros resultados dessas pesquisas, enfocando a atuação da censura ao teatro desde o Brasil Império até nossos dias. Imprescindível a todos os interessados no tema.

Ficha técnica

R$ 80,00
ISBN 10: 8531409888
ISBN 13: 9788531409882
1ª edição, impressão de 2006

296 páginas
20,5 x 23,5 cm
Brochura
Coedição: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais