Aspectos do Trabalho Policial

  • de Egon Bittner
  • trad. Ana Luísa Amêndola Pinheiro
Sinopse

Este é um livro indispensável para policiais e pesquisadores, resultado de 25 anos de estudos sobre o tema. Em catorze capítulos, Bittner analisa aspectos essenciais para a discussão da segurança pública, como as funções da polícia na sociedade moderna, a avaliação de propostas inovadoras como o policiamento comunitário, e a cultura das corporações policiais. O autor é também pesquisador acadêmico, e estuda aspectos mais amplos que dizem respeito diretamente ao trabalho policial, como por exemplo o funcionamento da justiça e os limites da legalidade. O resultado é um texto claro, que faz um balanço da história das polícias, da eficiência de várias experiências e reformas, e indica caminhos para o futuro, sem perder de vista a perspectiva dos próprios policiais e os interesses da sociedade.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 63,00
ISBN 10: 8531407591
ISBN 13: 9788531407598
1ª edição, impressão de 2017

392 páginas
18 x 24 cm
Brochura
Coleção Polícia e Sociedade

Eventos

16/09
de 2020

Lançamento de “Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP”

Acontece na quarta-feira, 16/9/2020, o lançamento e o debate virtual de "Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP", organizado por Walnice Nogueira Galvão.

Mais Eventos

Mais

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador

É verdade que nevou em São Paulo em 1918?

No caderno de visitas da famosa garçonnière mantida pelo escritor Oswald de Andrade na Rua Líbero Badaró, apelidada de "covil da rua Líbero", há a referência de que nevou ...
Mais