Arte de Guerrilha

Vanguarda e Conceitualismo no Brasil

  • de Artur Freitas
Sinopse

Arte de Guerrilha examina a produção de artistas de vanguarda no Brasil no período da ditadura militar, entre os anos de 1969 e 1973. O objetivo de Artur Freitas é o de especificar, no interior da produção dita contracultural, as estratégias da arte de guerrilha, ou do “projeto conceitualista” como prefere, que reagiram à repressão política, à perda de direitos e à censura às artes, frutos do AI-5. O autor elegeu algumas obras como sintomas do imaginário do período, priorizando a interpretação cuidadosa de seis obras, ou intervenções, de três artistas: Cildo Meireles, Artur Barrio e Antonio Manuel. O autor mobiliza em suas análises noções de diferentes formas discursivas a partir das exigências suscitadas por cada obra singular, recorrendo a várias fontes: entrevistas e depoimentos, críticas em jornais e revistas, artigos teóricos, e referências poéticas supostas.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 68,00
ISBN 10: 8531413680
ISBN 13: 9788531413681
1ª edição, impressão de 2013

360 páginas
16 x 23 cm
Brochura

Eventos

03/05
de 2022

Convite para o lançamento do livro Mulheres Modernistas

Edusp e Livraria Martins Fontes Paulista convidam para o lançamento do livro Mulheres Modernistas: Estratégias de Consagração na Arte Brasileira de Ana Paula Cavalcanti Simioni

Mais Eventos

Mais

“Mulheres Moderninstas” analisa protagonismo feminino

A Edusp lança neste dia 3 de maio, às 18 horas, o livro “Mulheres Modernistas: Estratégias de Consagração na Arte Brasileira”, de Ana Paula Cavalcanti Simioni. A obra ...

Edusp lança edital para seleção de obras didáticas dirigido a docentes da USP

A Edusp convida os docentes da USP a conhecerem o Edital de Seleção de Livros e Obras Didáticas para o Ensino de Graduação e de Pós-graduação.

Em entrevista, Ana Paula, autora do livro “Profissão Artista”, da Edusp, analisa a trajetória de Georgina de Albuquerque

Na semana do Dia Internacional da Mulher, vamos conhecer uma figura feminina que ganhou notoriedade ao retratar a história do país?

Entrelinhas – episódio 13

Jorge Schwartz fala ao programa Entrelinhas, da TV Cultura, sobre a importância desses acontecimentos para a história do país.
Mais