Tortura na Era dos Direitos Humanos

Capa de Tortura na Era dos Direitos Humanos Obra Premiada
  • org. Nancy Cardia e Roberta Astolfi
Sinopse

O uso sistemático da tortura está incluído na lista das práticas inaceitáveis de uso abusivo da força por parte de agentes públicos ou do poder por parte dos governantes, regulamentada num tratado internacional do qual o Brasil é signatário. Entretanto, seu uso ainda não foi abolido em vários lugares do mundo, e a priorização à guerra contra o terror após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos abalou ainda mais o consenso internacional contra a tortura, até mesmo naqueles países de democracias consolidadas. Este livro é o resultado de um seminário organizado pelo Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP), reunindo os mais qualificados pesquisadores na área, com o objetivo de promover amplo debate sobre essa grave violação aos direitos humanos.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 67,00
ISBN 10: 8531413818
ISBN 13: 9788531413810
1ª edição, impressão de 2014

480 páginas
16 x 23 cm
Brochura
Coleção Direitos Humanos

Prêmio
57º Prêmio Jabuti
Câmara Brasileira do Livro
Ciências Humanas - 3º Lugar
Nancy Cardia e Roberta Astolfi

Eventos

25/08
de 2021

Webinar e lançamento do livro “Livros, Leituras e Bibliotecas”

Acontece em 25/8/2021, quarta-feira, o webinar e lançamento virtual de "Livros, Leituras e Bibliotecas: História da Arquitetura e da Construção Luso-Brasileira", de Ricardo Rocha.

Mais Eventos

Mais

Borba Gato e a emergência do passado no presente

Protestar no monumento que exalta o movimento bandeirante colocou a história no centro do debate e permite questionar o quanto de passado ainda há no presente.

Digitais passam a representar 6% do faturamento das editoras brasileiras

Em relação a 2019, o faturamento das editoras com a venda de conteúdos editoriais cresceu 36% em 2020, fechando o ano em R$ 147 milhões

Legado de resistência em Cecília Meireles e o equívoco de Laurence Hallewell

Cecília Meireles teve de ir à delegacia, debaixo de humilhações, para prestar esclarecimentos. Mas não foi “presa” pela tradução de um livro de Mark Twain

Palestra de lançamento de “Uma História da Hungria” está disponível no YouTube

Evento contou com a participação do autor e tradução simultânea

Milton Santos, morto há 20 anos, nos convida a construir uma outra globalização

Geógrafo apontou caminhos para um projeto humanitário que se contraponha ao poder totalitário do dinheiro
Mais