Tio Vânia

Cenas da Vida do Campo em Quatro Atos

  • de A. P. Tchékhov
  • trad. Eduardo Tolentino de Araujo
Sinopse

A. P. Tchékhov (1860-1904) redefiniu os parâmetros da dramaturgia, propondo uma desdramatização que leva ao enaltecimento do que é aparentemente desimportante. Segundo esse modelo, o mundo interior das personagens, aquilo que subjaz, fala mais alto. Tio Vânia: Cenas da Vida do Campo em Quatro Atos foi a segunda obra de Tchékhov com montagem teatral feita pela companhia do Teatro de Arte de Moscou, de Stanislávski e Nemiróvitch-Dántchenko, consolidando a já bem-sucedida parceria. A estreia aconteceu em 1899, após a montagem pelo TAM de A Gaivota, no ano anterior. A trama se passa em uma propriedade rural russa, na qual a chegada de dois visitantes vindos da cidade altera o cotidiano bucólico dos moradores. O contexto geral de avanço da urbanização e do modo de produção capitalista reflete-se na desorientação das personagens em meio a um modo de vida em extinção, marcadas pela sensação de impotência, imobilidade, vazio, desencanto.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 32,00
ISBN 13: 9786557851876
1ª edição, impressão de 2024
88 páginas

13 x 21 cm
Brochura
Coleção Em Cena

Eventos

14/05
de 2024

Edusp e BBM USP convidam para o lançamento de As Minas de Ouro do Brasil

As Minas de Ouro do Brasil, de José Basílio da Gama, manuscrito que permanecia inédito, será lançado na Sala Villa-Lobos da BBM USP em debate com a participação de Junia Ferreira Furtado, ...

Mais Eventos

Mais

Perturbadora e lisérgica, a multifacetada Clarice Lispector pede por uma biografia plural

A complexa tarefa de criar trabalhos biográficos sobre uma mulher que negava a “grafia” e desejava ser puramente “bio”

O diálogo a partir do antagonismo na relação entre Mário de Andrade e Murilo Rubião

Como a correspondência entre escritores tão diferentes contribuiu para o desenvolvimento intelectual de ambos

A importância do Brasil para o desenvolvimento das ciências sociais francesas

As ciências sociais de Brasil e França estão entrelaçadas e revelam uma história rica em trocas nem sempre igualitárias

A complexa relação entre texto e imagem nas ilustrações de Poty Lazzarotto

Símbolo da cultura curitibana, a jornada de Poty pelas artes visuais revela a riqueza contida no seu trabalho de ilustrador

Amizade entre Mário e Oswald de Andrade é explorada em novo volume da Coleção Correspondência

Correspondência Mário de Andrade & Oswald de Andrade mostra a importância da escrita epistolar não só para o modernismo como também para a preservação de nossa história
Mais