Solidão-Solitude

Passagens Femininas do Estado Civil ao Território da Alma

  • de Luci Helena Baraldo Mansur
Sinopse

A solitude é uma conquista humana. A solidão positiva – ficar só e em boa companhia – em suas complexas injunções psíquicas e sociais, ainda é pouco reconhecida culturalmente. Neste livro, resultado de uma pesquisa de doutorado defendida no Instituto de Psicologia da USP, Luci Helena nos leva a uma viagem entre essas duas condições da alma, a solidão e a solitude, focalizando especificamente o universo feminino, fazendo interessantes reflexões sobre a condição feminina no mundo contemporâneo. Segundo a autora, o encontro com vozes distintas confirmou o que poderia ser previsto – viver conjugalmente desacompanhada é uma experiência multifacetada e seus sentidos sempre se renovam. Utilizando-se de referenciais teóricos amplos, com destaque para as teorias de Winnicott e Mikhail Bakhtin, a autora trata da relação das mulheres com o próprio destino e da complexidade da definição do feminino.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 42,00
ISBN 10: 8531412463
ISBN 13: 9788531412462
1ª edição, impressão de 2011

272 páginas
16 x 23 cm
Brochura

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Lançamento de “Desenvolvimento e Cooperação na América Latina”

Coordenado por Enrique García, o sétimo volume da coleção Cátedra José Bonifácio é lançado no Portal de Livros Abertos

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais