Poesia e Pintura ou Pintura e Poesia

Tratado Seiscentista de Manuel Pires de Almeida

  • de Adma Muhana
  • trad. João Angelo Oliva Neto
Sinopse

O tratado pictórico-poético de Manuel Pires de Almeida, datado de 1633, principia com uma afirmação que recusa qualquer visão idealista: “Grandes são as proporções que têm a tinta e a cor, a pena e o pincel”, porque “quando se escreve, se pinta e quando se pinta, se escreve”. Adma Muhana entende que essa é a chave de compreensão do tratado, cujos originais estão depositados na Torre do Tombo, em Portugal. Neste livro, a pesquisadora apresenta a transcrição atualizada dos originais, cujos trechos em latim foram traduzidos por João Ângelo Oliva Neto, e um estudo introdutório que contextualiza a obra, relacionando-a com outros autores do período, e traça paralelos com a Poética, de Aristóteles, referência importante da poética ocidental. Finaliza o volume a transcrição diplomática do texto.

Ficha técnica

R$ 70,00
ISBN 10: 8531406722
ISBN 13: 9788531406720
1ª edição, impressão de 2002

296 páginas
19 x 25,5 cm
Brochura

Eventos

28/09
02/10
de 2020

Feira Virtual da Abeu: Comunicação Corporativa

A Edusp participa do evento oferecendo uma seleção especial de títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador

É verdade que nevou em São Paulo em 1918?

No caderno de visitas da famosa garçonnière mantida pelo escritor Oswald de Andrade na Rua Líbero Badaró, apelidada de "covil da rua Líbero", há a referência de que nevou ...
Mais