Máquina de Gêneros

  • de Alcir Pécora
Sinopse

Com base em conceitos próprios da tradição dos diversos gêneros retórico-poéticos, são analisados neste livro textos de autores dos séculos XVI (Camões, Manuel da Nóbrega, Baldassare Castiglione, Giovanni Della Casa), XVII (Antônio Vieira, La Rochefoucauld) e XVIII (Tomás Antônio Gonzaga, Silva Alvarenga, Bocage). O autor aborda gêneros importantes como a correspondência, o diálogo, o tratado, as máximas, o sermão, a epopeia, a poesia satírica e a erótica, além de formas maiores e menores da lírica, como o rondó e o madrigal. O conjunto dos estudos procura demonstrar que os gêneros não são formas transparentes que expressam conteúdos sociais ou subjetivos, mas determinações formais e históricas dos sentidos de cada texto. Esta nova edição foi atualizada de acordo com o novo acordo ortográfico.

Ficha técnica

R$ 44,00
ISBN 10: 8531417104
ISBN 13: 9788531417108
2ª edição, impressão de 2018

248 páginas
16 x 23 cm
Brochura
Coedição: Editora da Unicamp

Eventos

08/03
de 2021

Lançamento de “A Casaca do Arlequim”

Acontece na segunda-feira, 8/3/2021, o lançamento virtual de "A Casaca do Arlequim", de Heliana Angotti-Salgueiro.

Mais Eventos

Mais

Clarice Lispector é uma bruxa que encanta

... E o leitor nunca mais deixará de ser seu. Quem começa a ler Clarice Lispector vai passar a vida com seus livros nas mãos. "Será fisgado", como define a professora Nádia ...

‘Ensaio Sobre Música Brasileira’ de Mário de Andrade ganha reedição

Após quase um século, obra de Mário de Andrade é reeditada e complementada pela musicóloga Flávia Camargo Toni

Especialistas discutem educação nos países de língua portuguesa

Educação em países lusófonos é tema de seminário

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.
Mais