Imigração e Revolução

Lituanos, Poloneses e Russos sob Vigilância do Deops

  • de Erick Reis Godliauskas Zen
Sinopse

Fundamentado em documentação inédita do arquivo do Deops-SP, este livro analisa um grupo pouco estudado de imigrantes que estiveram sob a vigilância da Polícia Política de São Paulo entre 1924 e 1950. Tratados como indesejáveis, foram perseguidos, presos e até mesmo expulsos, por não corresponderem ao ideário do Estado brasileiro. A proibição de falar o idioma de origem em público, o fechamento de escolas e de associações culturais, o confisco de documentos pessoais, a prisão e a expulsão serviram como medidas para inibir as propostas revolucionárias e garantir o controle social. Seguindo o rastro dos agentes do Deops, o rigoroso trabalho de pesquisa realizado pelo autor traz à luz as vivências e vicissitudes desse grupo de imigrantes que, apesar das diversidades históricas e culturais, foram identificados genericamente como originários do Leste europeu e, por isso, suspeitos de ter uma natural vocação revolucionária.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 47,00
ISBN 10: 8531412242
ISBN 13: 9788531412240
1ª edição, impressão de 2010

240 páginas
17 x 24 cm
Brochura
Coleção História das Migrações

Eventos

05 a
11/04
de 2021

3ª Feira do Livro da Unesp

A Edusp participa da 3ª Feira do Livro da Unesp, de 5 a 11 de abril, oferecendo seus títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Clarice Lispector é uma bruxa que encanta

... E o leitor nunca mais deixará de ser seu. Quem começa a ler Clarice Lispector vai passar a vida com seus livros nas mãos. "Será fisgado", como define a professora Nádia ...

‘Ensaio Sobre Música Brasileira’ de Mário de Andrade ganha reedição

Após quase um século, obra de Mário de Andrade é reeditada e complementada pela musicóloga Flávia Camargo Toni

Especialistas discutem educação nos países de língua portuguesa

Educação em países lusófonos é tema de seminário

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.
Mais