Gênero e Artefato

O Sistema Doméstico na Perspectiva da Cultura Material – São Paulo, 1870-1920

  • de Vânia Carneiro de Carvalho
Sinopse

Neste livro, Vânia Carneiro de Carvalho supera a inconveniente separação entre cultura material e não material, partindo do pressuposto da existência de uma simbiose entre os objetos e a formação de identidades sociais, de acordo com os gêneros. Desenvolve uma história da cultura e da vida social com a introdução da problemática material, trazendo à tona a dinâmica da vida cotidiana: a relação do humano com espaços e objetos. A autora fala especificamente da organização do espaço e do sistema domésticos, em período marcado por transformações radicais na cidade de São Paulo, e estuda, com ênfase no corpo e na corporalidade, aspectos relacionados ao gênero feminino, como ambientes, trabalho doméstico, os desejos e gratificações simbólicas. Resultado de ampla pesquisa com base em fontes materiais, visuais e textuais, este é um modelo de estudo sobre cultura material que permite o entendimento da cultura de gênero.

Ficha técnica

R$ 72,00
ISBN 10: 8531409314
ISBN 13: 9788531409318
1ª edição, impressão de 2008

368 páginas
18,5 x 26 cm
Brochura

Eventos

19 a
31/10
de 2020

Lombada

A Edusp participa da Lombada, a feira de livros da PUCPR, oferecendo uma seleção especial de títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Antropólogo cultural Néstor García Canclini assume cátedra na USP

Autor de Culturas Híbridas toma posse na Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência da USP

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador
Mais