Diabo Coxo

São Paulo, 1864-1865

Capa de Diabo Coxo Obra Premiada
  • de Angelo Agostini
  • org. Luís Gama
Sinopse

Trata-se de uma edição fac-similar do semanário que circulou em São Paulo de 1864 a 1865, redigido por Luís Gama e ilustrado por Angelo Agostini. O jornal é o primeiro da cidade ainda provinciana, distante da Corte e das notícias do mundo a ser ilustrado e a apresentar caricaturas. Desde sua primeira edição obteve grande sucesso entre o público, como o próprio Agostini registrou numa caricatura. As charges de Agostini satirizavam impiedosamente os homens públicos e a sociedade, armas até então desconhecidas pelo público. Sob sua pena eram retratados os tipos humanos, de engraxates a barões, os acontecimentos de sua época, a violência policial, as atividades artísticas: riu e fez rir de tudo e de todos. O organizador desta edição comenta: Compôs com tal precisão o dia a dia da cidade que nos legou, ao final, um retrato por inteiro do período talvez o documentário iconográfico mais importante e completo do Segundo Reinado .

Ficha técnica

R$ 80,00
ISBN 10: 8531408717
ISBN 13: 9788531408717
1ª edição, impressão de 2005

216 páginas
18,5 x 24,2 cm
Capa dura
Coleção Ad Litteram

Prêmio
Troféu HQ Mix
Associação dos Cartunistas do Brasil e Instituto Memorial de Artes Gráficas do Brasil
Publicação de Charges
Luiz Gama e Angelo Agostini

Eventos

07/05
de 2021

Autor em foco: Virgílio Afonso da Silva

O programa de entrevistas do STF recebe o autor de "Direito Constitucional Brasileiro"

Mais Eventos

Mais

Poesia filosófica de Hölderlin faz a crítica da razão moderna

Hölderlin resgata caráter formador da poesia filosófica

Arte de guerrilha

A arte brasileira durante a vigência do AI-5

Como planejar uma cidade com transparência e qualidade de vida?

A dedicação de Cerqueira César para com o urbanismo paulistano se faz presente em coleção de artigos

A biografia das mulheres

Isabelle Anchieta fala sobre suas inspirações para a criação de sua trilogia "Imagens da Mulher no Ocidente Moderno"

Qual é o papel da educação na luta revolucionária?

Autor explora o papel da educação na construção de uma sociedade mais justa
Mais