Como as Palavras Mudam de Sentido

  • de Antoine Meillet
  • org. Rafael Faraco Benthien e Miguel Soares Palmeira
Sinopse

Neste terceiro volume, a Coleção Biblioteca Durkheimiana apresenta, pela primeira vez em português, este importante estudo de Antoine Meillet, publicado originalmente em 1906. Nele, o autor defende uma explicação sociologicamente fundada das transformações de sentido no âmbito do vocabulário. Os indivíduos circulam e consigo carregam palavras. Os empréstimos que ocorrem devido à circulação dos indivíduos, de um grupo social a outro ou de um subgrupo a um grupo mais amplo, têm impactos no conjunto do vocabulário que cada um deles mobiliza. Defendendo uma linguística colada à sociologia, Meillet tematiza a transformação das línguas e das sociedades. Focando as noções de empréstimo, língua geral e língua particular, propõe um modelo capaz de problematizar as idas e vindas de um mesmo indivíduo entre vários grupos. O livro é acompanhado de uma edição crítica do original francês, à qual se somam análises de especialistas, outros textos de Meillet e um necrológio do autor assinado por Marcel Mauss.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 32,00
ISBN 10: 8531416035
ISBN 13: 9788531416033
1ª edição, impressão de 2016

184 páginas
13 x 21 cm
Brochura
Coleção Biblioteca Durkheimiana

Eventos

04/03
de 2020

Lançamento de “Arquitetura Evanescente”

Acontece na quarta-feira, 4/3/2020, o lançamento de "Arquitetura Evanescente", de Fernando Atique, na Livraria Martins Fontes Paulista.

Mais Eventos

Mais

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Leonardo da Vinci: uma mirada

Leonardo da Vinci não cessa de fascinar. Pesquisadores das mais diversas áreas de estudo voltam-se ao personagem-símbolo da civiltà (cultura) renascentista. Sua obra de ...

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais