O Rei dos Jagunços de Manuel Benício

Entre a Ficção e a História

  • de Sílvia Maria Azevedo
Sinopse

Manuel Benício foi correspondente do Jornal do Comércio no conflito de Canudos (1897). De lá, enviou relatos dos combates durante um mês. A acidez de suas críticas à condução da guerra e o viés de simpatia aos jagunços seguidores de Antônio Conselheiro ficam claros em seus escritos. Dois anos após o término do conflito, o jornalista publicou O Rei dos Jagunços, em que apresenta crônicas escritas no calor da hora sobre o conflito, procurando mostrar o lado não glorioso da guerra, num tom vibrante e emocionado. Este livro traz a reprodução da obra de Benício, acompanhada de um estudo introdutório e notas de Sílvia Azevedo, que acrescentam novas informações a esse episódio tão importante de nossa história.

Ficha técnica

R$ 68,00
ISBN 10: 8531407761
ISBN 13: 9788531407765
1ª edição, impressão de 2003

352 páginas
15 x 23 cm
Brochura

Eventos

07/05
de 2021

Autor em foco: Virgílio Afonso da Silva

O programa de entrevistas do STF recebe o autor de "Direito Constitucional Brasileiro"

Mais Eventos

Mais

Poesia filosófica de Hölderlin faz a crítica da razão moderna

Hölderlin resgata caráter formador da poesia filosófica

Arte de guerrilha

A arte brasileira durante a vigência do AI-5

Como planejar uma cidade com transparência e qualidade de vida?

A dedicação de Cerqueira César para com o urbanismo paulistano se faz presente em coleção de artigos

A biografia das mulheres

Isabelle Anchieta fala sobre suas inspirações para a criação de sua trilogia "Imagens da Mulher no Ocidente Moderno"

Qual é o papel da educação na luta revolucionária?

Autor explora o papel da educação na construção de uma sociedade mais justa
Mais