O Profeta e o Principal

A Ação Política Ameríndia e Seus Personagens

Capa de O Profeta e o Principal Obra Premiada
  • de Renato Sztutman
Sinopse

Caraíbas e morubixabas. Assim os antigos Tupi da costa brasílica chamavam seus grandes pajés e chefes de guerra. Nas fontes dos séculos XVI e XVII estes eram muitas vezes reconhecidos como profetas e principais. Como um problema relacionado a povos do passado a imbricação entre o que convencionamos chamar de religioso e político pode ser repensado agora, em vista das etnografias sobre povos atuais, com suas novas interrogações? Em que medida é possível falar em uma ação política ameríndia, uma vez revelada a constante metamorfose de intrigantes personagens, como chefes, guerreiros, xamãs, profetas, sacerdotes, feiticeiros, entre tantos outros? Eis as questões e os desafios lançados por este livro, que toma como ponto de partida as ideias de Pierre e Hélène Clastres sobre os mecanismos indígenas de recusa e conjuração do poder coercitivo e de toda unificação ontológica.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 85,00
ISBN 10: 8531413728
ISBN 13: 9788531413728
1ª edição, impressão de 2012

576 páginas
17 x 23 cm
Brochura

Prêmio
55º Prêmio Jabuti
Câmara Brasileira do Livro
Ciências Humanas - 2º Lugar
Renato Sztutman

Eventos

24/02
de 2024

Lançamento de livros sobre o Museu Republicano “Convenção de Itu”

Descubra a história por trás da fundação do Museu Republicano de Itu e o seu percurso ao longo de 100 anos com o lançamento de dois livros da Edusp

Mais Eventos

Mais

Amizade entre Mário e Oswald de Andrade é explorada em novo volume da Coleção Correspondência

Correspondência Mário de Andrade & Oswald de Andrade mostra a importância da escrita epistolar não só para o modernismo como também para a preservação de nossa história

Do jornalismo ao ativismo político, antologia revela as múltiplas faces da obra de Patrícia Galvão, a Pagu

“Palavras em Rebeldia” mostra a importância de Pagu, que passou de escritora pouco conhecida a homenageada da FLIP, na história do modernismo e nos dias de hoje

Livro aponta a influência das óperas europeias na construção do romance brasileiro e na sociedade pós-colonial

“Ópera Flutuante: Teatro Lírico, Literatura e Sociedade no Rio de Janeiro do Segundo Reinado” retrata a presença do drama musicado na capital do Brasil no século XIX

Antropólogo usa história da arte para compreender origens e poderes de artefatos indígenas

Em “Ardis da Arte: Imagem, Agência e Ritual na Amazônia”, Carlos Fausto traça comparativo etnográfico entre regimes imagéticos e culturas de povos originários das ...
Mais