Marcello Grassmann

1942-1955

Capa de Marcello Grassmann: 1942-1955 (Caixa Comum) Obra Premiada
  • de Marcello Grassmann, Mayra Laudanna e Leon Kossovitch
Sinopse

Nos dois anos em que esteve na Europa, entre 1953 e 1955, Marcello Grassmann dedicou-se ao aprendizado de novas técnicas de litografia, à xilogravura e ao desenho. Preencheu muitos cadernos com desenhos a bico de pena feitos com nanquim, com extrato de nogueira e outras tintas que preparava. Um desses cadernos, dedicado à Sonya Grassmann, é apresentado nesta obra em edição fac-similar, acompanhado de volume com um ensaio de Leon Kosovitch e Mayra Laudanna sobre o artista. O estudo contempla a obra de Grassmann desde o ano de 1942, época em que ele terminava o curso técnico no Instituto Profissional Masculino de São Paulo, até seu retorno de Viena em 1955, após expor as xilogravuras de topo na Galerie Würthle que produziu durante sua estada nessa cidade.

Ficha técnica

R$ 240,00
ISBN 10: 8531413850
ISBN 13: 9788531413858
1ª edição, impressão de 2013

236 páginas
32,5 x 25,5 cm
Caixa

Prêmio
56º Prêmio Jabuti
Câmara Brasileira do Livro
Projeto Gráfico - 3º Lugar
Responsável: Carla Fernanda Fontana e Eunice Liu

Eventos

14/05
de 2024

Edusp e BBM USP convidam para o lançamento de As Minas de Ouro do Brasil

As Minas de Ouro do Brasil, de José Basílio da Gama, manuscrito que permanecia inédito, será lançado na Sala Villa-Lobos da BBM USP em debate com a participação de Junia Ferreira Furtado, ...

Mais Eventos

Mais

O diálogo a partir do antagonismo na relação entre Mário de Andrade e Murilo Rubião

Como a correspondência entre escritores tão diferentes contribuiu para o desenvolvimento intelectual de ambos

A importância do Brasil para o desenvolvimento das ciências sociais francesas

As ciências sociais de Brasil e França estão entrelaçadas e revelam uma história rica em trocas nem sempre igualitárias

A complexa relação entre texto e imagem nas ilustrações de Poty Lazzarotto

Símbolo da cultura curitibana, a jornada de Poty pelas artes visuais revela a riqueza contida no seu trabalho de ilustrador

Amizade entre Mário e Oswald de Andrade é explorada em novo volume da Coleção Correspondência

Correspondência Mário de Andrade & Oswald de Andrade mostra a importância da escrita epistolar não só para o modernismo como também para a preservação de nossa história

Do jornalismo ao ativismo político, antologia revela as múltiplas faces da obra de Patrícia Galvão, a Pagu

“Palavras em Rebeldia” mostra a importância de Pagu, que passou de escritora pouco conhecida a homenageada da FLIP, na história do modernismo e nos dias de hoje
Mais