Idéias Econômicas, Decisões Políticas

  • de Lourdes Sola
Sinopse

Da análise das sucessivas políticas econômicas do período compreendido entre o fim do Estado Novo e o golpe de 1964, Lourdes Sola extrai explicações sobre o sucesso ou o fracasso dessas políticas, ao esclarecer questões centrais do desenvolvimentismo e do populismo à brasileira. Políticas governamentais como o Plano de Metas de JK ou o Plano Trienal formulado para o governo João Goulart são reconstruídas de maneira inovadora, em uma perspectiva interdisciplinar que permite à autora investigar as idéias e os interesses determinantes das diretrizes assumidas no período em foco. A amplitude de ponto de vista não retira da economia sua dimensão técnica; antes, atribui-lhe consistência ao inseri-la na complexa teia que constitui a gestão econômica de um período-chave da história política brasileira.

Ficha técnica

R$ 62,00
ISBN 10: 8531404614
ISBN 13: 9788531404610
1ª edição, impressão de 1998

456 páginas
18 x 25,5 cm
Brochura

Eventos

16/09
de 2020

Lançamento de “Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP”

Acontece na quarta-feira, 16/9/2020, o lançamento e o debate virtual de "Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP", organizado por Walnice Nogueira Galvão.

Mais Eventos

Mais

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador

É verdade que nevou em São Paulo em 1918?

No caderno de visitas da famosa garçonnière mantida pelo escritor Oswald de Andrade na Rua Líbero Badaró, apelidada de "covil da rua Líbero", há a referência de que nevou ...
Mais