Graciliano Ramos e a Cultura Política

Mediação Editorial e Construção do Sentido

Capa de Graciliano Ramos e a Cultura Política Obra Premiada
  • de Thiago Mio Salla
Sinopse

Entre 1941 e 1943, Graciliano Ramos contribuiu com o periódico getulista Cultura Política: Revista Mensal de Estudos Brasileiros, produzindo crônicas para a seção “Quadros e Costumes do Nordeste”. Nesta obra, Thiago Mio Salla analisa o conjunto desses textos, sem os desvincular das circunstâncias históricas em que foram publicados ou do enquadramento discursivo conferido a eles pelo periódico. Graciliano Ramos e a Cultura Política é resultado de uma pesquisa minuciosa em que o autor examina a edição e a recepção das crônicas de Graciliano, bem como o discurso cultural dos anos de 1930 e 1940, detendo-se mais especificamente na mensagem oficial veiculada pela revista Cultura Política, principal veículo de doutrinação ideológica do Estado Novo, para enfim analisar os quadros nordestinos de Graciliano e a participação desses textos nos debates contemporâneos a sua produção.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 70,00
ISBN 10: 8531416248
ISBN 13: 9788531416248
1ª edição, impressão de 2016

584 páginas
18 x 25 cm
Brochura

Prêmio
3º Prêmio Abeu
Associação Brasileira das Editoras Universitárias
Sociais e da Expressão - 1º Lugar
Thiago Mio Salla

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais