Do Alheio ao Próprio

A Poesia em Moçambique

  • de Manoel de Souza e Silva
Sinopse

“Sei que são meus senhores. É quanto basta / para saber-me escravo e infeliz.” Marcada pelo conflito e pela complexidade, à mercê de um colonialismo tardio, retrógrado e irredutível, a literatura moçambicana sofreu forte influência portuguesa, passando por processos singulares na condução de uma poesia autenticamente nacional. Manoel de Souza e Silva traça um perfil histórico da formação e consolidação da produção poética do país, apresentando diversos exemplos e reportando os termos em que se deram as principais discussões em torno da constituição de sua identidade. A finalidade essencial deste estudo, segundo o próprio autor, é aliciar leitores para um contato com Moçambique por meio de sua poesia.

Ficha técnica

R$ 20,00
ISBN 10: 8531401615
ISBN 13: 9788531401619
1ª edição, impressão de 1996

144 páginas
14 x 21 cm
Brochura
Coleção Campi
Coedição: Editora UFG

Eventos

01 a
10/07
de 2020

[Prorrogada] 1ª Feira Virtual das Editoras Universitárias

A Edusp participa do evento oferecendo títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Lançamento de “Desenvolvimento e Cooperação na América Latina”

Coordenado por Enrique García, o sétimo volume da coleção Cátedra José Bonifácio é lançado no Portal de Livros Abertos

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais