Cinco Séculos de Presença Francesa no Brasil

Invasões, Missões, Irrupções

  • org. Leyla Perrone-Moisés
Sinopse

Este livro reúne conferências pronunciadas no ciclo organizado pelo Núcleo de Pesquisa Brasil-França, do IEA-USP, no decorrer do ano da França no Brasil, em 2009. As mesas-redondas contaram com a participação de especialistas franceses e brasileiros de diversas áreas, como história, antropologia, literatura, artes plásticas, música, teatro, fotografia e arquitetura. Os textos que compõem o livro abordam diversos aspectos da presença dos franceses e sua cultura no Brasil entre os séculos XVI e XX, enfatizando as peculiaridades desses contatos e seus resultados na cultura brasileira. Os quatro últimos textos trazem questões sobre as atividades artísticas mais recentes na França, analisando a literatura de hoje, a arte contemporânea, a arquitetura expressiva e uma reflexão sobre o declínio da cultura francesa . Segundo a organizadora, essas referências atuais permitem-nos continuar o diálogo com as letras e as artes do país que deixou tão fundas marcas em nossa cultura .

ver sumário

Ficha técnica

R$ 43,00
ISBN 10: 8531414008
ISBN 13: 9788531414008
1ª edição, impressão de 2013

304 páginas
16 x 23 cm
Brochura

Eventos

24/02
de 2024

Lançamento de livros sobre o Museu Republicano “Convenção de Itu”

Descubra a história por trás da fundação do Museu Republicano de Itu e o seu percurso ao longo de 100 anos com o lançamento de dois livros da Edusp

Mais Eventos

Mais

Amizade entre Mário e Oswald de Andrade é explorada em novo volume da Coleção Correspondência

Correspondência Mário de Andrade & Oswald de Andrade mostra a importância da escrita epistolar não só para o modernismo como também para a preservação de nossa história

Do jornalismo ao ativismo político, antologia revela as múltiplas faces da obra de Patrícia Galvão, a Pagu

“Palavras em Rebeldia” mostra a importância de Pagu, que passou de escritora pouco conhecida a homenageada da FLIP, na história do modernismo e nos dias de hoje

Livro aponta a influência das óperas europeias na construção do romance brasileiro e na sociedade pós-colonial

“Ópera Flutuante: Teatro Lírico, Literatura e Sociedade no Rio de Janeiro do Segundo Reinado” retrata a presença do drama musicado na capital do Brasil no século XIX

Antropólogo usa história da arte para compreender origens e poderes de artefatos indígenas

Em “Ardis da Arte: Imagem, Agência e Ritual na Amazônia”, Carlos Fausto traça comparativo etnográfico entre regimes imagéticos e culturas de povos originários das ...
Mais