Atlas de Ressonância Magnética do Crânio

  • de Paula Ricci Arantes, Edson Amaro Júnior, Jackson Cioni Bittencourt e Álvaro Cebrian de Almeida Magalhães
Sinopse

Elaborado por professores da Faculdade de Medicina e do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, este atlas traz neuroimagens em diferentes níveis dos planos axial, coronal e sagital. Dispostas aos pares, coloridas e legendadas, as imagens estão identificadas de forma rápida e didática de maneira a facilitar a consulta. Embora seja frequente a utilização da nomenclatura em inglês, optou-se aqui pelo uso do português para uniformizar a denominação das estruturas de acordo com a nomenclatura anatômica oficial. O volume facilita a visualização anatômica e auxilia a interpretação de imagens na prática médica, esclarecendo dúvidas de estudantes e profissionais quanto à topografia, durante a elaboração de laudos de exames radiológicos. Estudo voltado à graduação médica no Brasil, este atlas supre a lacuna da área, oferecendo uma ponte entre a neuroanatomia e a neurorradiologia, qual seja, sua aplicação clínica.

Ficha técnica

R$ 66,00
ISBN 10: 8531408970
ISBN 13: 9788531408977
1ª edição, impressão de 2007

168 páginas
19,5 x 27 cm
Brochura
Coleção Acadêmica

Eventos

19/11
de 2020

Lançamento de “Ensaio sobre Música Brasileira”

Acontece na quinta-feira, 19/11/2020, o lançamento virtual de "Ensaio sobre Música Brasileira", de Mario de Andrade, em nova edição organizada por Flávia Camargo Toni.

Mais Eventos

Mais

Especialistas discutem educação nos países de língua portuguesa

Educação em países lusófonos é tema de seminário

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador
Mais