Ação; Reação; Transação

Duas Palavras acerca da Atualidade Política do Brasil (1855)

  • de Justiniano José da Rocha
  • org. Tâmis Parron
Sinopse

Em 1855, Ação; Reação; Transação: Duas Palavras acerca da Atualidade Política do Brasil circulou pelo Rio de Janeiro como um dos diversos panfletos da época. Obra modesta, mas audaciosa, traz a interpretação de Justiniano José da Rocha acerca do sistema político brasileiro no século XIX, argumentando que, neste sistema, a disputa pelo poder se investe de traços democráticos (ação), autoritarismo (reação) e um meio-termo negociado (transação). Esta edição traz, além do texto de Justiniano, um estudo introdutório no qual Tâmis Parron situa a posição política do panfleto no contexto parlamentar do tempo e demonstra que a organização retórica do autor não provém de Hegel, como propuseram outros teóricos, mas de Jean-Baptiste Capefigue. Além disso, Parron define a leitura que Justiniano faz do Ministério da Conciliação e sugere que a obra foi das primeiras a abrir o debate constitucional sobre a dinâmica político-partidária do Segundo Reinado, e do sistema eleitoral no país.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 38,00
ISBN 10: 8531415993
ISBN 13: 9788531415999
1ª edição, impressão de 2016

192 páginas
16 x 23 cm
Brochura

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais