Repressão e Resistência

Censura a Livros na Ditadura Militar

  • de Sandra Reimão
Sinopse

Este livro aborda a censura oficial à cultura e às artes, especialmente a livros de ficção de autores brasileiros durante a ditadura militar. O estudo dos atos censórios da Divisão de Censura de Diversões Públicas em relação a livros possibilita delinear alguns elementos dos mecanismos utilizados e refletir sobre a repercussão que tiveram na produção da cultura brasileira. Inicialmente, a autora traça um panorama histórico da atuação censória nos governos militares no que concerne à cultura, às artes e aos livros em particular. A seguir, detém-se em casos de vetos a textos de ficção de autores brasileiros: os livros Feliz Ano Novo, de Rubem Fonseca, Zero, de Ignácio de Loyola Brandão, Dez Histórias Imorais, de Aguinaldo Silva, Em Câmara Lenta, de Renato Tapajós, e contos de Dalton Trevisan e de Rubem Fonseca, publicados na revista Status. Esta segunda edição revista e ampliada incorpora novas informações e dados obtidos graças à localização de novos documentos.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 78,00
ISBN 13: 9788531417559
2ª edição, impressão de 2019
184 páginas

20 x 24 cm
Brochura

Eventos

04/03
de 2020

Lançamento de “Arquitetura Evanescente”

Acontece na quarta-feira, 4/3/2020, o lançamento de "Arquitetura Evanescente", de Fernando Atique, na Livraria Martins Fontes Paulista.

Mais Eventos

Mais

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Leonardo da Vinci: uma mirada

Leonardo da Vinci não cessa de fascinar. Pesquisadores das mais diversas áreas de estudo voltam-se ao personagem-símbolo da civiltà (cultura) renascentista. Sua obra de ...

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais