Manuel Bandeira

Uma Poesia da Ausência

  • de Yudith Rosenbaum
Sinopse

“O espaço entre o céu e a terra é comparável ao sopro de uma forja: ela é vazia mas não se exaure, em movimento não cessa de produzir.” Com esta epígrafe de Lao-Tsé se inicia um estudo original da poética de Manuel Bandeira, analisada do ponto de vista da linguagem da ausência e da aprendizagem da morte. Trabalhando na intersecção entre a teoria literária (predominantemente a estilística de Leo Spitzer) e a psicanálise (de Freud a Kristeva, passando por Lacan), a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar a tendência melancólica em luto libertador.

Ficha técnica

R$ 44,00
ISBN 10: 8531401569
ISBN 13: 9788531401565
2ª edição, impressão de 2002

208 páginas
16 x 23 cm
Brochura

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Lançamento de “Desenvolvimento e Cooperação na América Latina”

Coordenado por Enrique García, o sétimo volume da coleção Cátedra José Bonifácio é lançado no Portal de Livros Abertos

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais