CID-O

Classificação Internacional de Doenças para Oncologia

  • org. OMS - Organização Mundial da Saúde
  • trad. Centro Colaborador da OMS
Sinopse

A terceira edição desta obra representa uma extensão do capítulo II "Neoplasias" da Décima Revisão da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-10), e permite a codificação de todas as neoplasias por topografia, histologia e comportamento biológico. Nesta nova edição, atualizada e revisada, foram feitas adições e modificações nos códigos de Morfologia, todas consideradas válidas desde 2012 pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Assim, configura uma nomenclatura que pode ser utilizada por aqueles que pretendam codificá-las com maior riqueza de detalhes do que os existentes nas edições anteriores. Todas as atualizações foram feitas preservando a lógica e a estrutura da CID-O-3 num formato compreensível.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 44,00
ISBN 10: 8531403723
ISBN 13: 9788531403729
3ª edição, impressão de 2013

256 páginas
21 x 28 cm
Brochura

Eventos

16/09
de 2020

Lançamento de “Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP”

Acontece na quarta-feira, 16/9/2020, o lançamento e o debate virtual de "Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP", organizado por Walnice Nogueira Galvão.

Mais Eventos

Mais

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador

É verdade que nevou em São Paulo em 1918?

No caderno de visitas da famosa garçonnière mantida pelo escritor Oswald de Andrade na Rua Líbero Badaró, apelidada de "covil da rua Líbero", há a referência de que nevou ...
Mais