A Ideia de Ordem

Symmetria e Decor nos Tratados de Filarete, Francesco di Giorgio e Cesare Cesaria

  • de Ana Paula Giardini Pedro
Sinopse

Com base em tratados arquitetônicos que, no século XV, assimilam e atualizam os textos de Vitrúvio, Ana Paula Giardini Pedro analisa as aplicações e os desdobramentos da normativa vitruviana sobre o decor – adequado arranjo de cada elemento da obra a dotar o edifício de perfeito acordo com as imposições da utilidade e do costume –, cujo efeito decorrente da symmetria oferecia ao arquiteto um modelo para a composição de seus edifícios, fundamentados nas proporções harmônicas do corpo humano. A autora verifica como cada um dos tratadistas articulou esses preceitos basilares tendo em vista a requalificação da arquitetura. Sempre almejando alcançar poderosos comitentes, seus tratados perfilam um ideal de arquiteto capaz de incutir a ordem e o bom governo à cidade, física e política, patenteando, portanto, seu ofício como instrumento indispensável aos príncipes, desejosos de manifestar suas elevadas virtudes aos coetâneos e aos pósteros.

Ficha técnica

R$ 96,00
ISBN 10: 853141458x
ISBN 13: 9788531414589
1ª edição, impressão de 2014

424 páginas
18 x 25,5 cm
Brochura

Eventos

19 a
31/10
de 2020

Lombada

A Edusp participa da Lombada, a feira de livros da PUCPR, oferecendo uma seleção especial de títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Antropólogo cultural Néstor García Canclini assume cátedra na USP

Autor de Culturas Híbridas toma posse na Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência da USP

Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

Edusp tem novo diretor-presidente

Carlos Roberto Ferreira Brandão, ex-diretor do MAC (2016-2020), é o novo diretor-presidente da Edusp a partir de setembro de 2020.

Trabalhadores humanitários e o legado de Sérgio Vieira de Mello

Trajetória de Sérgio ilumina possibilidades da ação humanitária e o terreno como lugar dos direitos humanos

“Não há evolução sem ruptura”

Entrevista com Alex Flemming, pintor, escultor e gravador
Mais