Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Obra do professor James Woodard, dos Estados Unidos, será lançada no dia 17 de outubro pela Edusp

11/10/2019

Em Jornal da USP

Por Claudia Costa

São Paulo dos anos 1890 a 1930, época marcada por conflitos políticos e mudança social e cultural no Estado – e também no País –, é tema da análise do professor James P. Woodard, da Universidade de Monclair, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, no livro Um Lugar na Política – Republicanismo e Regionalismo em São Paulo, da Edusp, com tradução de Ana Maria Fiorini. O lançamento acontece no dia 17 de outubro, a partir das 16h30, na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP, incluindo mesa-redonda com o tema Repensando a República em São Paulo, com a participação do autor e das historiadoras e professoras da USP Maria Helena Capelato e Maria Helena Machado.

Segundo Woodard, São Paulo foi palco de um dos desenvolvimentos políticos mais importantes do País, como a contestada campanha presidencial de 1909-1910 e a revolta militar de 1924. Resultado de sua tese de doutorado, o estudo de Woodard começa nos anos finais do século 19, quando a Constituição de 1891 definia poderes políticos nas esferas federais, e se estende até a mobilização em massa de 1931-32, quando os paulistas se revoltaram e marcharam contra o governo nacional. “O objeto de estudo do livro é a política em seu sentido amplo, abrangendo estruturas, práticas, tradições, ideias e identidades políticas, e sua formação e reformação”, afirma Woodard na introdução.

O autor recorre a uma grande variedade de fontes documentais, estabelecendo um diálogo crítico entre a bibliografia brasileira e a norte-americana, e propõe uma reinterpretação da política e da cultura política no Estado de São Paulo. Segundo ele, São Paulo abrigou alguns dos mais importantes movimentos políticos, intelectuais e sociais do Brasil. “Nas décadas de 1870 e 1880, foi o lar do mais notável movimento de oposição antimonárquica do Brasil, o qual buscava substituir o governo ‘imperial’ centralizado do País por uma república federativa”, escreve, e ainda lembra que, nessas mesmas décadas, a província foi também campo de batalha para as maiores campanhas antiescravistas do Brasil.

[…]

Segundo Woodard, a despeito de sua importância, a política desse período ainda não recebeu a atenção historiográfica que merece. “Evidentemente, ela é há muito apontada como crucial para a formação do Brasil moderno, mas seu exame é sempre limitado a temas específicos (um partido ou personalidade aqui, uma municipalidade ou revista acolá)”, analisa, acrescentando que o livro pretende fazer uma série de contribuições, principalmente para o entendimento da política moderna.

Leia o texto original na íntegra no jornal da USP

Eventos

16/09
de 2020

Lançamento de “Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP”

Acontece na quarta-feira, 16/9/2020, o lançamento e o debate virtual de "Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP", organizado por Walnice Nogueira Galvão.

01 a
10/07
de 2020

[Prorrogada] 1ª Feira Virtual das Editoras Universitárias

A Edusp participa do evento oferecendo títulos com 50% de desconto

Mais Eventos