Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP

Obra traz depoimentos de Paul Bastide, Antonio Candido, Florestan Fernandes e Mário Schenberg, entre outros

27/08/2020

Em Jornal da USP

Por Roberto C. G. Castro

Em 1934, foi criada pelo governo do Estado de São Paulo a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), que passaria a oferecer cursos superiores ligados às mais diferentes áreas, desde filosofia, sociologia e letras até biologia, física, química e matemática. Associada a outras instituições de ensino superior já existentes – como a Faculdade de Direito, a Escola Politécnica e a Faculdade de Medicina -, ela formou a Universidade de São Paulo (USP). De acordo com o plano concebido pelos criadores da Universidade – entre eles o jornalista Júlio de Mesquita Filho, diretor do jornal O Estado de S. Paulo, e o educador Fernando de Azevedo -, os professores da nova instituição deveriam ser contratados na Europa. Por isso, o professor Teodoro Augusto Ramos (1895-1935), um matemático da Escola Politécnica, viajou para Roma, na Itália, a fim de contatar docentes que estivessem dispostos a lecionar no Brasil. Teve início então um movimento que, ao longo das primeiras décadas de existência da USP, trouxe para o País cerca de 100 professores da França, Itália e Alemanha – e em menor número de Portugal, Espanha e Inglaterra.

Essa história é contada em detalhes nas entrevistas publicadas no livro Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, organizado por Walnice Nogueira Galvão, Professora Emérita da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, nome que, com a reforma universitária de 1969, passou a designar a antiga FFCL. Lançado pela Editora da USP (Edusp), o livro traz depoimentos de oito pessoas que, como professores ou alunos, viveram os primeiros anos da FFCL – Paul Arbousse-Bastide, Mário Schenberg, Candido Silva Dias, Florestan Fernandes, Antonio Candido, Ruy Coelho, Gilda de Mello e Souza e Fernando Henrique Cardoso –, além de uma conferência do escritor francês Michel Butor (1926-2016), proferida na USP em 1984, por ocasião das comemorações pelos 50 anos da Universidade. Originalmente, esses depoimentos foram publicados em 1984 na revista Língua e Literatura, da FFLCH. Mais de 35 anos depois, eles surgem reunidos pela primeira vez em livro.

[…]

Leia o texto original na íntegra no Jornal da USP

Eventos

28/09
02/10
de 2020

Feira Virtual da Abeu: Comunicação Corporativa

A Edusp participa do evento oferecendo uma seleção especial de títulos com 50% de desconto

16/09
de 2020

Lançamento de “Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP”

Acontece na quarta-feira, 16/9/2020, o lançamento e o debate virtual de "Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP", organizado por Walnice Nogueira Galvão.

Mais Eventos