Pau com Formigas ou O Mundo às Avessas, Um: A Sátira na Poesia Popular de Leandro Gomes de Barros
De R$ 72,00
Por R$ 57,60
O período de transição do Império para a República estava impregnado de valores, tradicionais e modernos, que se sobrepunham e colidiam. A maioria da população nordestina, analfabeta e despolitizada, embora não entendesse o motivo de tantas mudanças, começava a sentir os reflexos dos novos tempos. Muitos dos acontecimentos só chegavam a ela pela literatura de cordel, que era também o meio de se fazer ouvir a voz do sertanejo. Nesse contexto, destaca-se Leandro Gomes de Barros rei da poesia do sertão , segundo Drummond , que, como tantos outros poetas da época, foi responsável pela construção de um discurso alternativo acerca da Primeira República e da nascente civilização brasileira. A expressão pau com formigas , popularmente usada para se referir a uma situação constrangedora ou a uma complicação qualquer, tem seu sentido alargado por Leandro, que a emprega de forma recorrente como metáfora da violência e da insignificância social que definiam a realidade do país.

ISBN 13: 9788531414039

Peso: 0,720 kg

Ano: 2014

Páginas: 448

Formato: 23,00 x 15,00 x 3,50 cm